POLÍCIA CIVIL PRENDE TRÊS EM AÇÕES DA DELEGACIA DE VEÍCULOS

0
5

Três pessoas envolvidas em roubos de veículos foram presas em ações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA), realizadas na tarde de segunda-feira (24.09). Dois dos suspeitos são acusados de subtraírem peças de veículos e motocicletas apreendidas. O terceiro detido foi identificado como integrante de uma associação criminosa atuante em roubos de veículos. O suspeito Pilber Mateus T. dos Santos, 18, e o menor R.A.S., 16, foram identificados, através do sistema de videomonitoramento, como as duas pessoas que invadiram o pátio de veículos apreendidos da DERRFVA e subtraíram peças e motocicletas. Os suspeitos foram surpreendidos pelos policiais ainda dentro do pátio. Uma motocicleta que seria subtraída pelos criminosos já estava do lado de fora do estacionamento. Diante da situação, Pilber Mateus foi preso em flagrante por furto qualificado, corrupção de menores e encaminhado para audiência de custódia na Capital. O menor foi apreendido e encaminhado a Delegacia Especializada do Adolescente (DEA). Há poucos dias, o mesmo adolescente foi apreendido após tentar furtar o pátio de outra delegacia. Em outra ação, os policiais da DERRFVA realizaram a prisão de Fábio Abreu Macieski, suspeito de integrar uma associação criminosa voltada para prática de furtos de veículos e de objetos dos interiores dos automóveis. Em posse do suspeito, os investigadores apreenderam um veículo Fiat Palio, produto de estelionato em Rondonópolis. O veículo teve a participação identificada no cometimento de outros crimes patrimoniais, entre eles, em um furto de objetos no interior de um veículo Toyota Corolla, em agosto deste ano. Com o acusado, os policiais também apreenderam um kit multimídia, furtado do Corolla. Segundo o delegado, Marcelo Martins Torhacs, o acusado possui sete ações penais em andamento e estava em liberdade, sem monitoramento. “Um comparsa do suspeito também já foi identificado e continua procurado pela Polícia”, disse o delegado. Após lavrado o flagrante contra o suspeito, o delegado representou pela decretação da sua prisão preventiva – Secom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here